• Lucas Leierer

A Importância do Relaxamento


O Yoga Nidra – podemos chamar também de sono do Yoga – é um estado de consciência que ocorre entre a vigília e o sono, e vivenciá-lo traz enormes benefícios. É uma ferramenta extremamente eficaz para promover transformações profundas na nossa vida; além do potencial de recompor energias e trabalhar objetivos pessoais. É sempre praticado ao final da aula de Yoga, após as posturas físicas e respirações. Também pode ser feito sozinho ou então como exercício preparatório para a meditação.


Para quem está curiosx e quer entender um pouco mais, aqui vão alguns detalhes de como acontece uma prática de Yoga Nidra: sob orientação verbal guiada você começa a entrar gradualmente em um estado de relaxamento muito profundo do corpo, passando por todos os membros e músculos. Aos poucos, vamos evoluindo para o estado do recolhimento dos sentidos (Pratyahara), em que toda a nossa atenção - visão, tato, olfato, paladar, audição - vai sendo direcionada de fora para dentro. Com o físico relaxado e receptivo, passamos para a parte mais sutil, trabalhando com mentalizações e visualizações.


Praticar relaxamento regularmente vai te ajudar em diversos pontos:


  • Diminuição da tensão muscular e da intensidade das dores crônicas;

  • Redução da sensação de esgotamento por estresse e dos sintomas derivados da ansiedade (dor de cabeça, dor no peito, falta de ar e tremores);

  • Acalma o turbilhão de pensamentos favorecendo o foco e a clareza mental;

  • Prepara e melhora a qualidade do sono.


Para compreender os mecanismos responsáveis por essas transformações, precisamos nos perguntar: o que acontece no corpo e na mente durante uma sessão de Yoga Nidra?


Dentro do nosso sistema nervoso existem divisões responsáveis pela manutenção da vida através da regulação de processos internos. Uma dessas divisões nós chamamos de Sistema Nervoso Autônomo. De forma geral, o SNA divide-se em Sistema Nervoso Autônomo Parassimpático e Sistema Nervoso Autônomo Simpático. Em condições normais, os dois funcionam como uma orquestra, visando o equilíbrio do corpo.


O Parassimpático é responsável por:

  • Diminuir a frequência cardíaca;

  • Manter nossos vasos dilatados, deixando nossa pressão arterial mais baixa;

  • Afinar o funcionamento do pâncreas e do fígado para manter os níveis necessários de glicose sanguínea;

  • Estimular a motilidade intestinal;

  • Favorecer o sono.


Já o Simpático é responsável por:

  • Disponibilizar energia para os músculos e células nervosas;

  • Aumentar a frequência cardíaca;

  • Estimular a vasoconstrição, elevando nossa pressão arterial;

  • Inibir o fluxo de sangue para o sistema digestivo;

  • Regulação da temperatura corporal;


Enquanto tudo ocorre normalmente em nossas vidas, o Parassimpático predomina em nosso sistema. Mas quando há uma situação de risco, o Simpático entra em ação. Isso parece o funcionamento normal e saudável do organismo, certo? Mas existe um problema: o Simpático não consegue diferenciar perigos reais de perigos imaginários, o que faz com que ele seja acionado em ambas as situações.


Uma discussão no trânsito ou um ataque de leão são entendidos da mesma maneira pelo sistema nervoso. Na vida moderna, grande parte das causas de estresse estão acionando artificialmente esse mecanismo do corpo, que só deveria ser requisitado em ocasiões extremas que ameaçam realmente a sua sobrevivência.

Dentre as consequências desse acionamento excessivo do sistema nervoso simpático estão: má digestão, dificuldade de dormir, tensão muscular e alta de glicose, pressão arterial e frequência cardíaca. Se identificou?


A boa notícia é que a prática de relaxamento pode ajudar - e muito, a lidar com isso! É uma forma muito eficiente de colocar os mecanismos parassimpáticos para funcionar: promovendo uma verdadeira revitalização do organismo, recarregando as energias e nutrindo as células. Estima-se que 15 minutos dessa prática te traga os mesmos benefícios de 2 horas de sono.


Um outro aspecto muito potente do Yoga Nidra é o trabalho na mentalização de resoluções pessoais, sonhos e propósitos (o que chamamos de San Kalpa). Tudo o que intencionamos nesse momento torna-se mais poderoso. Nossa mente está silenciosa e clara, o que nos aproxima do nosso verdadeiro guia: o coração. Esse é o momento certo para alinhar ambos na mesma intenção; para que, quando o relaxamento terminar, você siga o rumo de suas ações com mais plenitude e significado.


Namastê,


  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
Contato

contato@juliaviegas.com.br

(21) 975283819

Todos os direitos reservados