Os 4 elementos em nós

Sobre complementariedade e equilíbrio


TERRA para saber de onde viemos e para onde vamos. Nos nutrir ao mesmo tempo em que a nutrimos de volta através da realização de nossos sonhos. Conexão, sustento, amor incondicional. Corpo que, forjado pelo fogo, constrói e enrijece. Quando penetrado pelo ar, descobre sua capacidade de se expandir e ocupar novos espaços, até que rompe e se esfarela. E lá está a água para recompô-la novamente em rejunta unidade; buscando a sabedoria da dosagem para não perder-se novamente em dissolução.


ÁGUA que limpa, embala e flui. Adaptabilidade, movimento constante em direção ao todo. Campo do profundo, espelho da alma em seus mais diversos estados: lago sereno, rio caudaloso ou onde turbulenta. Ciclo infinito e habilidade de ser barro com a água, borbulhar ou fazer cessar o fogo e suspender-se em evaporação quando o calor é demais e cresce a vontade de ser ar.


FOGO - força que acolhe, congrega, ilumina e transmuta. Aconchego que guia e nos conta histórias antigas que ainda vivem em nós. Dança, fascina e cria - precisa de ar para queimar, auxilia a terra a formas tomar, amorna ou extingue o que é fluido e traz em si o poder de confortar ou destruir. Traz sábias lições sobre o poder que temos de orientar nossas escolhas e ações.


AR onipresente e sutil, aquilo que em tudo está e para saber não é necessário enxergar. Em movimento nos acaricia a pele; sem mexer nos revela o vazio: espaço de solidão ou potência que dança com a percepção de quem observa. Nos preenche de vida por dentro e por fora, conexão e dádiva com que há de mais elevado. Alimento para o fogo que transmuta, espaço aberto de criação para o preenchimento da água em todos os seus formatos, mergulho profundo na terra que se deixa umedecer para, então, poder brotar.


O equilíbrio de todos em nós, refletindo seus ciclos e correlações, nos despertando da ilusão do tempo e do espaço e revelando a composição que é comum: nossa essência verdadeira e elemental e a capacidade que temos de interagir nessa permanente dança de transformação que é a própria vida.

Namastê,


Se você curtiu esse texto, aqui estão mais alguns que você pode gostar:

> Sobre falar baixo e andar descalço

> Sobre Sentir

> O Tempo das Coisas

> Amor Próprio, Liberdade e Vitmização


#yogacomjuliaviegas #complementar #equilibrio #4elementos #quatroelementos

  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
Contato

contato@juliaviegas.com.br

(21) 975283819

Todos os direitos reservados